Pular para o conteúdo Vá para o rodapé

Morre Pelé, o maior jogador de futebol de todos os tempos

Foto: CBF/Divulgação

O maior atacante da Seleção Brasileira e do Santos de todos os tempos, Edson Arantes do Nascimento, o  Pelé, morreu na quinta-feira (28/12), aos 82 anos, de múltipla falência de órgãos  no hospital Hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde estava internado desde o fim de novembro para tratar de um câncer no cólon.

O velório deverá ocorrer no estádio Urbano Caldeira, a famosa Vila Belmiro, em Santos, litoral de São Paulo, e seu enterro deverá ser no cemitério Vertical, também localizado na cidade, segundo informações da Globonews.  Ainda não foram informados os horários do velório e do enterro do Rei Pelé

A trajetória de Pelé, o rei do Futebol

Nascido em Três Corações, Minas Gerais, em 23 de outubro em 1940, Pelé, fez sua primeira partida oficial foi no dia 7 de setembro de 1956, em um jogo amistoso entre Santos e Corinthians. O resultado foi de 7 a 1 para o Santos, com dois gols de Pelé.

Reconhecido internacionalmente, Pelé é reverenciado como o Rei do Futebol. Foi o único a ultrapassar a barreira dos mil gols. O milésimo foi marcado no Maracanã em 1969 contra o Vasco da Gama, quando o Santos ganhou do Vasco por dois a um. Ao todo o Rei tem 1,281 gols marcados ao longo da sua carreira.

Ele estreou na Seleção Brasileira com apenas 17 anos, incompletos, onde só se despediu em 1971. No time brasileiro foi três vezes campeão do mundo com os títulos de 1958, 1962 e 1970. O Rei até hoje aparece entre os principais artilheiros da história dos Mundiais, com 12 gols.

Pelé teve uma carreira brilhante também no Brasil. Foi artilheiro do campeonato paulista, ganhou o título 11 vezes, onde 9 foram consecutivas. Foi artilheiro da Taça Brasil, da Taça Libertadores e do Torneio Rio São Paulo.

Foi eleito o “Atleta do Século”. Levou o Santos Futebol Clube, onde atuou por mais de duas décadas, a ganhar mais de quarenta títulos, entre eles, dois mundiais em 1962 e 1963. O time com Pelé, na década de 1960, chegou a parar uma guerra na África, quando o Santos se apresentou no continente.

Jogou no New York Cosmos de 1975 a 1977, nos Estados Unidos, onde carregava multidões para assisti-lo. Foi Ministro dos Esportes entre os anos de 1995 e 1998.

“Rei do futebol”, Pelé é referência para o futebol brasileiro e mundial e é uma das pessoas mais reconhecidas em todo o mundo.

Na rede social, Facebook, a família deixou um recado aos fãs e admiradores do Rei, em português e inglês.

“A inspiração e o amor marcaram a jornada de Rei Pelé, que pacificamente faleceu no dia de hoje. Em sua jornada, Edson encantou todos com sua genialidade no esporte, parou uma guerra, fez obras sociais no mundo inteiro e espalhou o que mais acreditava ser a cura para todos os nossos problemas: o amor.

A sua mensagem em vida se transforma em legado para as futuras gerações.

Amor, amor e amor, para sempre.

O presidente diplomado, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), lamentou a morte do Rei por meio do Twitter. “Eu tive o privilégio que os brasileiros mais jovens não tiveram: eu vi o Pelé jogar, ao vivo, no Pacaembu e Morumbi. Jogar, não. Eu vi o Pelé dar show” entre outros elogios.

Deixe um comentário

0/100

the Kick-ass Multipurpose WordPress Theme

© 2024 Kicker. All Rights Reserved.

Sign Up to Our Newsletter

Be the first to know the latest updates

[yikes-mailchimp form="1"]