<

Campanha de Valorização da Diversidade.

“A ideia da campanha é conscientizar as trabalhadoras e os trabalhadores para a importância de responder o Censo e de defender a igualdade de oportunidades nos bancos e na sociedade. Outro diferencial é a criação dos agentes da diversidade, que é quem irá provocar o debate no local de trabalho, criando uma identidade com o tema para poder disseminar os conceitos, para começar a fazer uma desconstrução cultural na categoria e na sociedade”, finalizou Elaine.

O Censo também irá servir para que os elementos e as distorções apontadas possam ser levados para a mesa de negociações e sejam base para a criação de projetos para poder corrigi-las.

Fonte: Contraf-CUT

DEIXE O SEU COMENTÁRIO