App Direitos Humanos. Para informações mais detalhadas, o MDH publicou a cartilha com toda a orientação para conscientização, prevenção, orientação e combate ao abuso contra crianças e adolescentes.

Para o secretário de Políticas Sociais da Contraf-CUT (Confederação Nacional do Ramo Financeiro), Elias Jordão, “crianças são as mais vulneráveis em um ambiente de violência, doméstico ou não, por ainda não terem condições de se defender. Por isso é de extrema importância que adultos conscientes estejam atentos para protegê-las de todas as formas, intervindo diretamente e principalmente denunciando todo ato de violência”, disse.

Fonte: Contraf-CUT

DEIXE O SEU COMENTÁRIO