<

aqui para acessar a página do curso da UFRN.

Este curso tem 12 horas/aula e o conteúdo distribuído em nove módulos.

Este direito está estabelecido na da Lei 13.257, sancionada pela presidenta Dilma Rousseff no dia 8 de Março de 2016 – Dia Internacional da Mulher, como parte da Política Nacional Integrada para a Primeira Infância, e, também, na clausula 25 da CCT (Convenção Coletiva de Trabalho) 2018/2020.

“A Licença-paternidade ampliada é muito importante para que o pai possa ter mais tempo para ajudar a cuidar do filho recém-nascido e auxiliar a mãe neste momento em que ambos merecem uma atenção especial”, ressalta Dulce Silveira, secretária de Saúde do Sindicato de Londrina.

Por Armando Duarte Jr.
Fonte: Sindicato dos Bancários de Curitiba

DEIXE O SEU COMENTÁRIO