https://bancarios.votabem.com.br/ onde estarão disponibilizadas as informações a respeito da paralisação. Veja ao lado o Edital de Convocação da Assembleia do Sindicato de Cornélio Procópio.

 “Diante de mais essa etapa do desmonte do Banco do Brasil, a mobilização dos funcionários será fundamental para reverter os ataques aos direitos, garantir condições de trabalho e transparência em todo esse processo de mudanças”, avalia Ivaí Lopes Barroso, presidente do Sindicato de Cornélio Procópio.

Segundo Ivaí, a reestruturação tem como justificativa adequar o banco às novas tendências do mercado financeiro, mas na verdade o governo tem mesmo como objetivo abrir campo para atuação dos bancos privados em áreas em que o BB tem a liderança, como, por exemplo, o crédito rural. “A direção do banco aproveitou essa deixa para jogar o peso da reestruturação nas costas do funcionalismo, que vai arcar com demissões, cortes na remuneração e sobrecarga de serviços para os colegas que atuam na linha de frente”, denuncia.

Por Armando Duarte Jr.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO