Minuta de Reivindicações da categoria. Entre as reivindicações apresentadas está a de aumento real de 5%, manutenção dos direitos, dos empregos e da mesa única de negociação, além de questões referentes à saúde dos trabalhadores e também normas para o teletrabalho. As reivindicações tomaram por base a Consulta Nacional feita pela Contraf-CUT com quase 30 mil bancários.

Na Consulta, a prioridade para cláusulas econômicas, 71% dos entrevistados disseram que era o aumento real de salário. Nas cláusulas sociais, 79,7% das respostas apontavam a manutenção dos direitos como prioridade. Outras 69,1% mencionavam a prioridade como a defesa da saúde e melhores condições de trabalho.

Fonte: Contraf-CUT

DEIXE O SEU COMENTÁRIO