o resumo das negociações com a Fenaban.

Todos ganham

O acordo vai ajudar a economia brasileira. Reajustes de salários, vales e a PLR (Participação nos Lucros e Resultados) terão um valor total de R$ 8.098.464.934,10, de acordo com dados do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos). Somente o impacto da PLR é de R$ 6.211.796.397,21 na economia. O reajuste salarial, incluído o abono, vai implicar na injeção de outros R$ 757.064.915,60.

Restaurantes, lanchonetes e supermercados de todo o país também terão um alívio com a injeção de outros R$ 223.047.621,29, referentes ao reajuste dos vales refeição e alimentação. “Quando o trabalhador ganha, toda a sociedade ganha. Com esses valores, os bancários vão consumir, o comércio vai vender, vão reformar suas casas, vão pagar suas dívidas. Ganha a economia e ganha o governo, que arrecada mais, quando a economia gira”, afirmou a presidenta Contraf-CUT.

Fonte: Contraf-CUT

DEIXE O SEU COMENTÁRIO