Facebook nesta quinta-feira (30/07), a partir das 20h00. Desta vez, o tema será Saúde Caixa.

Para debater um assunto tão importante para os empregados e empregadas do banco público foi convidado um time de peso, com membros do Conselho de Usuários do Saúde Caixa, do Grupo de Trabalho Saúde Caixa e da CEE (Comissão Executiva dos Empregados) da Caixa Econômica Federal.

O debate vem na hora certa, pois a todo momento a Caixa quer ludibriar os trabalhadores com discursos panfletários. Primeiro com a contratação dos empregados CDBs que, ao contrário do que divulgam, aconteceu após terem sido obrigados judicialmente, em ação do Ministério Público. Também tentam convencer que as entidades de representação dos empregados são as responsáveis pela não inclusão dos novos contratados no Saúde Caixa, quando, na verdade, a própria empresa colocou limites de gastos no estatuto para dificultar a entrada dos novos empregados no plano.

Mas, por detrás da cortina de fumaça para esconder sua intenção privatista, a verdade está posta: se o custeio 70/30 for mantido (sem teto de contribuição da Caixa) o plano é sustentável e gerou altos superávits durante toda sua existência até o exercício de 2015. Essa é a maior prova de que o pacto geracional, a mensalidade proporcional ao salário e cobrança por grupo familiar, com coparticipação de 20%, limitada ao um valor anual, é um modelo inclusivo e sustentável e, mais do que isso, é o que até hoje garantiu a saúde e manutenção deste que é um dos direitos mais importantes dos trabalhadores da Caixa, o Saúde Caixa.

Os debatedores serão Dionísio Reis, coordenador da CEE/ Caixa, Fabiana Uehara Proscholdt, secretária da Cultura e representante da Contraf-CUT nas negociações com o banco e coordenadora do GT (Grupo de Trabalho) de Saúde, Zuleida Martins Rosa, coordenadora da bancada dos eleitos e o médico Albucacis de Castro Pereira, gestor na área de Saúde e consultor da Fenae (Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal).

Fonte: Contraf-CUT

DEIXE O SEU COMENTÁRIO