<

 planos de saúde e dental. A direção do banco realizou reuniões com as Federações por todo o Brasil. “Eles precisam nos posicionar sobre nossa reivindicação de aumentar a lista de credenciados, principalmente no interior do País, e de melhorar os canais de informações”, explicou Magaly Fagundes, coordenadora da COE.

A renovação dos Acordos Aditivos, que vencem em setembro, e a ampliação do PDE (Prêmio por Desempenho Extraordinário) para todos os funcionários também estão na pauta.

A negociação também abordará dois temas que envolvem vitórias de Sindicatos em ações na Justiça: O pagamento da PLR (Participação dos Lucros e Resultados) do HSBC, que foi pago proporcionalmente e os Sindicatos buscam pagamento integral para todos e a cobrança retroativa do Vale-transporte, que até 1º de abril era descontado de forma errada pelo banco.

“Esperamos que os representantes da direção do Bradesco nos apresentem respostas concretas a respeito do pagamento destes direitos, valorizando o diálogo entre as partes. Caso não surjam avanços neste sentido, as entidades sindicais vão cobrar judicialmente a solução dessas pendências”, alerta Valdecir Cenali, diretor do Sindicato de Londrina e representante do Vida Bancária na COE Bradesco

Fonte: Contraf-CUT

DEIXE O SEU COMENTÁRIO