#QueVergonhaBradesco. O objetivo é barrar as demissões que vem ocorrendo no banco nos últimos meses, encerrar a pressão de metas abusivas aos bancários que continuam nas agências, garantir mais respeito e melhores condições de trabalho.

A ideia da campanha é mobilizar os funcionários por meio das redes sociais com tuitaços todas as quintas-feiras, às 11h, mostrando à direção do banco a insatisfação com a política de pessoal desumana.

“Apesar dos lucros bilionários, o Bradesco exterminou mais de 8,5 mil vagas de emprego em 12 meses, sendo 888 só nos últimos três meses. Com isso, aumentaram as cobranças por metas e a sobrecarga de serviços, provocando muito desgaste nos funcionários”, denuncia Valdecir Cenali, diretor do Sindicato de Londrina e representante do Vida Bancária na COE Bradesco.

Para mudar essa situação Valdecir orienta a todos que compartilhem nas redes sociais a hashtag #QueVergonhaBradesco.

Por Armando Duarte Jr.

DEIXE O SEU COMENTÁRIO